terça-feira, 21 de agosto de 2007

Captador Clássico: Dimarzio Super Distortion (DP100)


Nada mais justo do que começar minhas atividades com a publicação das minhas impressões sobre um clássico. A Dimarzio foi a primeira empresa a lançar captadores avulsos e propor personalização de timbres. No meio dos anos 70, quando foi lançado, o SD abriu os horizontes para a confecção de timbres extremos, pois foi o primeiro captador de potência altíssima lançado. Logo de cara ele começou a ser usado por muita gente famosa – como John Abercrombie e Al Di Meola, o imperador da Les Paul. No começo, ele se chamava Dual Sound e trazia 3 condutores, onde podia apenas ser ligado como humbucker e splitado. A versão posterior, com 4 condutores, traz outras possibilidades de timbre.

O SD é um captador meio maldito no Brasil. Isso acontece por vários fatores: o próprio nome do captador causa arrepios em pessoas que gostam de timbres mais amenos. Outro fator curioso é que muita gente detesta os sons daquelas guitarras dos anos 80 – e muitas delas vinham com o SD de fábrica. Essas pessoas talvez não lembram de como aquelas guitarras dos anos 80 eram péssimas – com aquelas tranqueiras de alavancas tipo Floyd Rose feitas de materiais duvidosos e madeiras meia-boca – e talvez não lembrem também que Al Di Meola tinha os timbres de Les Paul mais gordos e polidos do universo (ouça o cd ao vivo Tour De Force), que Abercrombie é um jazzista e Ace Frehley tem ótimo timbre de rock’n roll.

Coloquei o SD na minha Teleblaster (tele com dois humbuckers feita de freijó e braço de marfim) e na minha Frankenstrat (feita com partes de várias guitarras). Ambas têm ponte Kahler e cordas 0.11. Na tele os timbres foram ótimos. Uma completa surpresa pra mim, que sempre fui desconfiado com esse captador e nunca fui com a cara de captadores de imã cerâmico.

O que eu descobri com o SD e outros captadores Dimarzio é que eles podem ser extremamente articulados no que tange a técnicas de palhetada mais extremas. Explico: sempre fiquei muito impressionado ao ver e ouvir o Paul Gilbert com suas palhetadas insanas usando sempre o captador da ponte - sem nunca partir para o revezamento frenético entre captadores como fazem Steve Morse e Malmsteen. Gilbert é sempre limpo e articulado, sem que as notas pareçam “mascadas” por palhetar rápido usando sempre o pickup da ponte. Se sua técnica de palhetada estiver em dia e você abafar devidamente as cordas que não estiver tocando, o SD te brinda com uma articulação legal e agressiva.

O som em ganho médio tem que ser bem trabalhado – qualquer ganho a mais faz com que você entre na área do metal. Ao contrário do que eu imaginava, o overdrive é bonito e redondo, mas talvez em guitarras que timbrem mais rachadiças o timbre fique muito metalizado e estridente – nessas horas faz bem à saúde ter um controle tone para o captador da ponte. O overdrive tem a textura tipicamente “lisa” dos Dimarzio, diferente das texturas granuladas e crocantes dos Seymour.

Na strato ele ficou melhor ainda. Nela eu pude explorar outros timbres devido à chavinha de três posições que eu instalei para ligar o captador em série, paralelo e single coil. Muito legal! Sons de ganho médio com o pickup em paralelo soaram ótimos e a diversão é garantida para quem não quer tocar Anthrax. Em single o som é bem convincente, mas o ruído me é insuportável.

Com 425 milivolts de saída, o SD brilha com facilidade em estilos mais extremos – de Dio a Metallica você vai se sentir em casa (embora eu não o usaria em casos de ganho extremo como Napalm Death). O SD soa agressivo e cheio, mas não soa “podrão”. Se você ligar em paralelo, vai poder tocar com ele na sua banda de covers do AC/DC (segundo o site da Dimarzio, o Paul Gilbert usava dois SD em paralelo na época antiga do Racer X. Esse pickup não tem nenhuma freqüência sobrando e harmônicos de palheta saem facilmente. Ele não está nos meus Top 5, mas está nos Top 10.


Preferi usá-lo para: riffs do Metallica e palhetadas insanas.

O que me vem à cabeça quando lembro do timbres que ouvi: que as pessoas testaram o captador em guitarras muito ruins. O SD é injustiçado.

9 comentários:

Rafael Gomes disse...

Testando o sistema de comentários.

Sidney disse...

O que vc quer dizer quando diz" O overdrive tem a textura tipicamente “lisa” dos Dimarzio, diferente das texturas granuladas e crocantes dos Seymour"
Ah!! qual a melhor madeira para obter um timbre equilibrado??

Anônimo disse...

Olá,
Tenho um captador DiMarzio antigo ('80), com a mesma aparência do DP100, só que o curioso é que ele não possui malha de aterramento. Tem 4 fios e um fio liso (s/ capa) no lugar da malha. Na parte traseira só indica DIMARZIO PICKUPS e MADE IN USA. Você saberia o modelo?

Marco Silveira disse...

eu tenho um DP100 que comprei usado a uns 9anos. Na epoca ele ja era bem antigo tem 3 condutores.
O captador acho que por ja ser bastante velho ficou muito suave, e responde a dinamica da palhetada de forma impressionante, mesmo com Drive amplificadores a Transistor.

Você pode ir de um som limpo a distorção máxima somente variado ataque, e alem de até conseguir variar a tonalidade, fazendo com que o captador da ponte tenhaum som parecido com um de braço (não sei explicar mas é uma coisa de movimentação, pegada da palheta, força usada).


Duas coisas eu gostaria de saber.

Quando a DiMarzio parou de fazer o de 3 condutores?


Como que faz Split com o DP100 de 3 condutores

Anônimo disse...

Esse catador é realmente sensacional e injustiçado aqui no Brasil.
Para tocar Metallica (ao menos dos discos + antigos)acho o Duncan distortion + próximo do timbre dos caras, o que que você acha?
Abs e parabéns pelo execelente review.

Anônimo disse...

Corrigindo, catador não né? foi mal.

Anônimo disse...

Coloquei o SD na ponte da minha strato handmade de mogno. Gostei, mas ele está com um ruido que eu acredito não ser normal. Os meus singles Hot Noiseless estão mais silenciosos do que ele. Será que tem algo errado?

Trikão disse...

Olá!

Cara você acha que rola eu fazer um upgrade com um Seymour Duncan SH4 JB e um DiMarzio DP100 Super Distortion?

Anônimo disse...

Super distortion captador horrível não te oferece dinâmica alguma saída muito forte difícil ter timbre com ele só serve para distorção sem dinâmica rsrs