sexta-feira, 20 de junho de 2008

Sobre a parceria com a Sérgio Rosar Pickups

Muito bem, cá estou de volta às atividades e começo dizendo que estou muito feliz pela repercussão que o blog está tendo. Ando recebendo e-mails e recados no Orkut aos montes. Essa é a primeira coisa boa. A segunda é que através do blog eu fui contatado por um jovem senhor de Florianópolis chamado Sérgio Rosar. Ele é um construtor de captadores. Nesse momento a Rosar Pickups já conta com uma linha completa e à venda de single coils, humbuckers em tamanho single (que ele chamou de Dual Blade) e humbuckers de quatro bobinas (chamado de Quad Blade). O Sérgio me pediu para ajudá-lo a desenvolver sua linha de humbuckers e já estamos trabalhando feito dois malucos há quase dois meses. Até o momento em que escrevo esse texto eu já recebi 21 captadores Rosar que estão espalhados em “trocentas” guitarras minhas e em guitarras de duas pessoas de minha confiança para testes.

Amigos, dentre os Dual Blade, há dois modelos que estão fadados a ser um sucesso: o Twin Vintage (uma versão mini de um PAF, perfeito pro braço) e o Extreme Hot (captador de ponte bem agressivo). Com esses dois captadores o Sérgio conseguiu uma proeza: capturar tudo que eu gosto nos humbuckers em tamano de single e eliminar as deficiências. Eles são incríveis! Eu não tive nenhuma participação no desenvolvimento desses captadores. O mérito é todo do Sérgio.

Dentre os que estão em guitarras minhas há alguns que já estão definidos e outros que estão em desenvolvimento. Temos nesse exato instante três humbuckers de alto ganho pra ponte. Um deles o Sérgio chamou de Punchbucker. É o mais agressivo da turma e já tem seu companheiro pra braço definido. Fantástico pra quem desce a afinação. O segundo chama-se Rock King. Este não vai ter modelo de braço, pois achamos que a maioria das pessoas vai querer casá-lo com algum PAF no braço. Atenção, fritadores! Vocês vão gostar do terceiro! É o meu preferido até o momento e eu o batizei de Supershred. Este já tem seu modelo de ponte definido, fritado, testado e aprovado pelo careca que vos escreve. O Supershred está com seu parceiro de braço no forno e será definido em breve (tenho 3 protótipos em teste e um deles será o ponto de partida). Existe a possibilidade de um quarto captador entrar em cena, mas será um projeto futuro e será surpresa pra vocês.

Há dois PAFs em andamento. O primeiro deles é uma recriação do primeiro PAF, o de 1955, em que vocês terão muita dinâmica, muita suavidade, faixa de agudos extremamente detalhada e um som muito musical. Ele usará alnico 5, mas com um sistema de suavização do campo magnético, que torna o captador muito mais sensível à sua pegada e aumenta muito o sustain da sua guitarra. Assim como os PAFs de 55, esse captador não será parafinado. O segundo será uma versão com mesma quantidade de ganho, mas será parafinado, com menos detalhes de agudos e com o som gordo que todo mundo tá careca de ouvir dos PAF do fim dos anos 50. Ambos terão versões de braço e ponte. Nesse momento eu estou com 5 versões desses PAFs. Eu estou instigando o Rosar a fazer uma versão de um Hot PAF para a ponte depois que definirmos toda a linha.

Garanto a vocês que eu não estaria me envolvendo com um projeto se não fosse pra ser grande. Sérgio Rosar não está trabalhando pra criar uma linha “acessível” de captadores. Os produtos que eu tenho instalado nas minhas guitarras são, com a mais absoluta certeza, concorrentes diretos de Seymour, Dimarzio, Tom Anderson e Gibson, com a vantagem de ser mais baratos. Além disso, o Sérgio oferece um serviço de Custom Shop. Você quer um Tone Zone com menos médios? O Rosar faz.

Sérgio Rosar é um cara que me impressiona a cada dia. Ele é cheio de entusiasmo, dedicação ele escuta todas as minhas observações com atenção, mesmo que às vezes não concorde com todas elas. Ele me procurou querendo um parceiro de trabalho com o mesmo entusiasmo dele e encontrou. Lá se vão quase dois meses de trabalho sem parar – até aos domingos eu venho até a loja pra instalar captador em guitarra minha. Cada um de nós dois está fazendo sua parte com muito empenho e os frutos disso já podem ser observados e adquiridos por vocês. Vocês podem visitar o site www.sergiorosar.com e verificar os modelos disponíveis, embora os novos humbuckers ainda não estejam lá. Para qualquer esclarecimento vocês podem entrar em contato comigo ou com o Sérgio.

Portanto, eis o Zona do Humbucker e o seu fundador deixando de colaborar com vocês apenas virtualmente pra colaborar objetivamente – graças, é claro, ao trabalho de um pequeno gênio de Florianópolis. Esse é só o começo de um grande trabalho.


27 comentários:

João Netto disse...

desenvolvendo p90s e humbuckers com capas cromadas, eu vou ficar inda mais instigado pra instalar esses caps em alguma guitarra minha.

Anônimo disse...

será que o extreme hot braço casa bem com o hh77 que tenho na ponte da minha ibanez gio? :P

Rafael Gomes disse...

João, já faei pro Sérgio providenciar as capas cromadas, mas acho difícil ele fazer P90 pq ninguém tá afim de ouvir ruído em guitarra. A não ser q ele fizesse um P90 stack, o q é possível.

Companheiro anônimo, o Twin Vintage seria o par legal pra casar com o HH777. Não existe Extreme Hot pra braço.

Hilário Ferreira disse...

Essas crianças vão precisar de um nome de batismo!
Uma enquete para os frequentadores do blog sugerirem o nome de um dos captadores?

Anônimo disse...

Eu estou simplismente impressionado com o que ouvi... digo estou com os pick ups na minha strato, deixei os tex mex na gaveta e estou adorando meu som novo. Fantastico e não só pela sonoridade, mas pelo acabamento que é simplismente perfeito.

Abraços,
Sarquis

Rafael Gomes disse...

A propósito: o Sarquis tá usando os Vintage Hot no meio e braço e o King Mid na ponte, todos da ROsar.

Marcelo disse...

king mid na ponte fica meio = o sd jb não?

Rafael Gomes disse...

O King Mid tem semelhanças com JB Jr., mas o JB Jr. não é muito parecido com o Jb normal, pode acreditar nisso.

Anônimo disse...

Rafael,
Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo blog. Faz um tempo que acompanho suas publicações e confesso que tem ajudado muito na escolha do meus caps.
Há alguma previsão de lançamento do captador Supershred?
Estou para trocar o meu set e estive pensando em trocá-lo pelos cabrera E-Tone, mas depois que li esse seu último post, fiquei interessado nesse modelo.

Rafael Gomes disse...

O SuperShred já está definido e disponível. Meu e-mail é rafaellimagomes@hotmail.com

Abraço.

João Netto disse...

ruído em p90?
conveeeersa! hehe!

que diferença basicamente teria o stack? só menos ruídos?

Caio disse...

antes de mais nada, parabéns pelo blog. Nunca fui fuçador de blogs, mas admito que o teu me fez entrar pro meu top3 (na verdade, os 3 unicos que acesso ;D)

sei que é chover no molhado e até uma certa falta de respeito, mas acho que vc poderia atualizar com mais frequência. Ainda não vi em canto nenhum reviews de captadores tão completas e informativas como as suas

sugestões pra próximos posts: continuar analisando captadores nacionais (malagoli, rosar, cabrera, tagima etc), pois minha intuição diz que ainda tem bastante coisa de qualidade pra ser "descoberta"

xandmetal disse...

oi, vc poderia me indicar algum captador passivo que combine bem com o Hellbucer que não seja o Realbucker, para solos rápidos e uso de tappings e sweeps e que seja humbuker?

Sousa disse...

na minha guitarra desenho strato(hss),nao tao aguda, uso um twin vintage no braço(esse captador é "o cara",tanto serie, quanto paralelo), que permite tocar quase todas os estilos. qual captador seria indicado para fazer par com ele na ponte mantendo as caracteristicas do twin, e versatilidade se possivel.Parabens pelo blog...pondendo ajudar agradeço

xandmetal disse...

o captador que eu estou me referindo como opção ao Realbucker teria que ser um captador duplo, pois minha guitarra é hsh e eu estou precisando de um captador para ponte mas que não seguisse a famosa ordem "JB na ponte e PAF 59 no braço".

xandmetal disse...

cometi um erro, disse que estou precisando de captador para ponte quando na verdade estou precisando de um para o braço, rsrs.

Gui. disse...

rapaz, eu tenho dois sérgio rosar instalados. Dois quad blade.
Excelente som. Mas eu não sabia que ele já estava nesse projeto de humbuckers de alnico.
Você sabe se ele tá trabalhando com pickups pra telecaster?

Jaques Molina disse...

Cara, sensacional a proposta dos captadores. Pelo bom gosto na concepção de detalhes que tornam ele único, já merecem respeito.
Parabéns a vc pelo blog e ao Sergio Rosar pela excelente proposta e qualidade de seu produto!!!

P.S.: Á propósito, estou fazendo uma matéria bem interessante sobre captadores, capa da próxima Guitar Player...
É claro que citarei os Rosar, right!
Entre em contato comigo no e-mail da minha coluna. Abrax!!!

Thiago Coracini disse...

Muito interessante esse blog. Tenho uma Epiphone Custom e gostaria de trocar os captadores por algo mais "hot". Contudo, gostaria de manter o aspecto original (com a capa metálica). O que você me aconselharia?

Abraços!

Rafael disse...

fala chará... tudo bom?!
Cara parabens pelo blog, muito bom mesmo, mas ta precisando atualizar.. heheheheee...

Cara seguinte, ja li suas opniões sobre o JB da Seymour. Foi lançado o pela Dimarzio o AT-1 que dizem ser a versão deles do JB. Qual captador do Sergio iria nessa mesma linha e ficaria bom na ponte de uma strato ?!

Leonardo Camello disse...

Amigos, estou trazendo uma guitarra dos EUA e uma captação novinha para ela).
.
O problema é que o Seymour Duncan JB Jr Pickup está vindo com a capinha preta e todos os emais captadores, potenciômetros, alavancas, assim como o escudo é tudo branco.
.
Vcs sabem dizer se eu posso adquirir só a capinha para este tipo de captador, na cor branca? Onde encontro pela web, alguém sabe?

Francis Lisboa disse...

gostaria de saber como posso ouvir timbres de captadores visto que eu sou cego e ta dificil de usar os sites das fabricantes... a propósito parabéns pelo blog

Black Winter disse...

Olá Rafael Gomes.ha pouco comprei uma guitarra com dois hambuckers e um single no meio,so que notei que o h ponte esta com o ganho inferior ao do braço,ja aumentei altura dele e tudo,porem um luthier me disse que ele é muito mas ñ acompanha o do braço que tem um ganho animal.isso é normal ou tenho realmente que trocalo?

Anônimo disse...

Oi rafael me ajude no seguinte posso usar um N3 noisselles do braço no meio a alguma restrição??? no mais abço

Anônimo disse...

Garoto propaganda do rosar...tenta ficar menos na cara

Rogerio de Souza Lima Barros disse...

eu tenho interesse no hearthbreacker e no rock king plus, mas não acho se quer um video do rock king plus

Rogerio de Souza Lima Barros disse...

alguem ai por favor?